Conheça o Banco de Leite Humano do Hospital das Clínicas de Botucatu
Dia 19 de maio é o Dia Mundial da Doação de Leite Humano
Rádio Clube 20/05/2022 11:01h
Conheça o Banco de Leite Humano do Hospital das Clínicas de Botucatu
Foto: Divulgação
Desde 2015, o significado, no Brasil, do dia 19 de maio tornou-se maior do que apenas uma data no calendário: transformou-se em uma forma de promoção da vida e de agradecimento pelo exercício do simples, mas expressivo gesto de doação. Estas definições explicam a importância do Dia Mundial da Doação de Leite Humano na sociedade e, principalmente, para os primeiros momentos de muitas vidas.
Há mais de 20 anos, o Banco de Leite Humano (BLH) “Marineuza Nunes de Souza” do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), pertencente hoje à Gerência Técnica de Nutrição e Dietética, atua para que os pequenos prematuros que estão internados na UTI Neonatal do Hospital tenham uma melhor qualidade de vida, além de incentivar a amamentação exclusiva para todos os pacientes nascidos no Complexo HC.
A médica do BLH, Dr.ª Simone Manso de Carvalho Pelícia, reforça a importância deste ato de amor, em forma de doação, para o crescimento e desenvolvimento das crianças. “Alguns bebês nascem antes do tempo por complicações na gestação de suas mães e, por isso, precisam iniciar a sua alimentação com o leite materno. Mas, algumas vezes, as mães não conseguem fornecer esse alimento logo após o nascimento e é nesse momento que a presença do Banco de Leite é fundamental, porque consegue arrecadar esta nutrição adequada, que é captada e preparada para ser fornecida a quem mais precisa”.
 
Como estão as doações de leite humano neste primeiro semestre?
Responsável técnica do BLH do HCFMB, a nutricionista Angélica Almeida aponta que, desde o início de 2022, houve uma redução na quantidade de doações de leite, mas isso ainda não afetou o atendimento aos bebês. “Com a flexibilização da pandemia, as mães voltaram a trabalhar ou ficaram menos em casa e, com isso, as doações diminuíram. Ainda assim, conseguimos suprir a demanda da UTI Neonatal, pois o leite, depois de pasteurizado, tem uma validade de seis meses. Esperamos poder sensibilizar mais mães para que elas também se tornem doadoras”.
Dados do BLH apontam que, desde janeiro, houve a coleta, em média, de 25 litros por mês, 58% abaixo do ideal (60 litros). Até o mês de maio, 70 doadoras contribuíram para o atendimento de 270 bebês internados na Unidade Neonatal. “Agradeço muito a todas as doadoras, por investirem o seu tempo na salvação de vidas”, enfatiza Angélica.
 
Agradecimentos a parceiros
Na última quinta-feira, 12, a Casa da Amizade Rotary Club Botucatu Bons Ares fez a doação de 30 lembrancinhas para as doadoras do BLH do HCFMB. Além da responsável técnica do BLH do HCFMB, as representantes do Rotary Club Desirrê Franco, Michiko Sakate e Rosa Maria Felipe estiveram presentes na entrega das lembranças, que foram distribuídas às doadoras nesta semana, durante visita domiciliar realizada pelo BLH.
Além do Rotary Club, as empresas Botucatu Garden e Gold Silver colaboram para a expressão de gratidão pela atitude de amor e de solidariedade das doadoras do BLH. Desde o ano passado, a empresa Café do Feirante também realiza a sua colaboração, doando frascos de vidros. “Todos os anos, podemos contar com estes apoios para divulgação e apoio ao aleitamento materno e doação de leite humano. Os frascos doados também são muito importantes pois, sem eles, não temos como armazenar o leite doado. Em nome de toda a equipe, agradeço a estas parcerias”, diz Angélica.
Gerente da GTND, Marina Nogueira Berbel Bufarah também deixou o seu agradecimento a todos os envolvidos para que este gesto de carinho possa acontecer. “Obrigada a todas as doadoras de leite materno pela disponibilidade e cuidado com o alimento dos bebês, à equipe do BLH pelo empenho e dedicação total em suas atividades e aos parceiros que contribuíram nas diversas ações de agradecimento e reconhecimento deste gesto de zelo e generosidade de alimentar uma vida”, encerra.
 
Como doar?
O Banco de Leite Humano do HCFMB fica no campus da Unesp, em Rubião Júnior, e também no Hospital Estadual Botucatu (HEBo). Por conta da quantidade de bebês prematuros atendidos, o setor precisa constantemente de doações para manter os seus estoques em níveis adequados.
Caso haja interesse em colaborar, a doação pode ser feita por mulheres que estejam em bom estado de saúde e que não sejam fumantes, usuárias de drogas ou façam uso excessivo de álcool. Todos os aparatos para coleta do leite (máscara, touca, vidro esterilizado e folheto com explicações sobre o procedimento) são fornecidos pelo HCFMB e a coleta é feita a domicílio.
O Ministério da Saúde afirma que é contraindicada a doação de leite por mulheres com sintomas gripais, que estejam com Covid-19 ou que tenham tido contato domiciliar com outras pessoas que apresentam sintomas ou tenham testado positivo para o novo coronavírus. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (14) 3811-6410, (14) 3811-2762 e pelo celular (14) 99799 8289.
 
Fonte: Assessoria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu.
comentários
redes sociais Acompanhe-nos em nossas redes sociais.
whatsapp da clube (14) 99711-2555

Todos os direitos reservados © Clube Regional 2022 - [email protected] - telefone: (14) 99711-2555